quinta-feira, 4 de agosto de 2011

A distorcida face púbere

Ao entardecer do dia quarto do mês e ano vigentes deparei-me com uma situação na qual retomou um pensamento/questionamento que carrego ao ver os jornais - quer sejam eles impressos ou televisivos.  A ocasião não passaria de um simples cortar de cabelo se não fosse a participação deprimente de uma jovem com seus 1,58m de estatura, pele branca, madeixas escuras e suas quatorze primaveras.

Esta, com as suas poucas vestes, adentrou ofegante, porém feliz, no recinto. Tamanha felicidade foi relatada pela mesma como um trunfo: “Acabei de escapar da polícia! E o melhor foi que coloquei toda a culpa no outro cara que estava comigo”. A adolescente estava portando drogas e conseguiu convencer, com seu jeito persuasivo, os policiais de que as mesmas não eram dela, e sim do seu companheiro de arruaça. Ao se gabar e beber um copo d’água saiu livremente como se não houvesse acontecido nada.

A partir deste relato é que me vem o questionamento: Por que quando um adolescente comete um crime (roubo, furto, homicídio... ou os demais “ídios”) não se mostra o rosto dele? Por que este ser é acobertado por uma lei para menores, se ele mesmo age como um adulto de mau caráter. Toda vez que um menor comete uma delinquência, a sua face é distorcida para que os cidadãos de bem não possam o reconhecer e se defender em meio a essa sociedade selvagem. Por quê?

Por que ao invés de conhecermos o mal desde pequeno e tentarmos transformá-lo, insistimos em conhecê-lo somente depois de grande e forte o bastante para causar estragos. Se o púbere é maduro o suficiente para cometer um crime, creio que este também seja maduro para mostrar seu semblante perante a sociedade e carregar consigo as consequências dos seus atos realizados. 

Abraços.
E aí?

5 comentários:

  1. Algumas das leis brasileiras são uma porcaria né... Seria preciso muitíssima boa vontade por parte dos políticos e sociedade para mobilizar uma renovação em nossos códigos. Infelizmente isso demanda todo um processo, e acontece a longo prazo...E não envolve apenas mudança de leis, bem como questões como educação, saúde e boas condições de moradia. E envolve também muitos e muitos interesses dos "grandões maioria"...
    O jeito é se ligar em que se vota (o que ta bem complicado pro nosso lado - pois não escolhemos mais o melhor, e sim o menos ruim!) e não deixar que esses crimes se tornem banais! É preciso se chocar com isso, não achar comum essa galerinha sair matando quem quer por ai!! PeloAmor né!
    Afff!
    Eita Daltiinho, tu adora temas polêmicos!

    ResponderExcluir
  2. É mesmo, Sil. O problema é maior do que podemos imaginar. Envolve milhões de fatores, principalmente dos interesses dos mais afortunados financeiramente. Mas são nos pequenos gestos que se faz a grandeza. Obrigado por sua bem declarada opinião.
    OBS.: Adoro temas polêmicos. rsrsrs.

    ResponderExcluir
  3. Pois é, Dalton, é o que nos perguntamos todos (embora eu não definisse exatamente como "maduro" alguém capaz de cometer crimes). Se um serzinho desses está habilitado para escolher seus governantes, um dos mais complexos direitos, há que assumir todos os deveres. Todas as responsabilidades. Não vejo motivo para isso não ocorrer. Mas o que mais me chocou em sua postagem não foi o fato de a menina ter-se safado, e sim a alegria em gabar-se. A satisfação de culpar um inocente! Já é algo podre de fazer, mas fazer com alegria me dá soco no estômago. Beijos e sucesso no ótimo blog!

    ResponderExcluir
  4. olá, estou seguindo aqui *.*
    se poder retribuir eu agradeço mto!
    beeeeijos ;*
    www.continuo-apenas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. A maior frustração é saber que este é o futuro do país. Saber que esta é a próxima geração, que estará à frente comandando. Sem sermos egoísta, nós quando idosos, estaremos nas mãos deles... O que fazer para mudar essa realidade? Como criar uma cultura através de uma educação política, de cidadania, direitos humanos e de boa qualidade??? Este é o nosso desafio enquanto administradores.
    Parabéns pelo artigo!

    ResponderExcluir

Escreva seu comentário AQUI !!